15 de setembro de 2016

Efeitos na aquarela


Eeeeee, ainda não é um post exclusivo pro blog! Mas a gente chega lá! Hahahaha!

Trago para o post de hoje um vídeo que eu fiz para o meu canal no YouTube, complementando o vídeo sobre como usar aquarela. Hoje vocês vão ver alguns efeitinhos que a gente pode fazer usando alguns materiais.



Como eu falei no vídeo, a verdade verdadeira é que eu uso mais os "efeitos brancos" e o do papel toalha. Mas, vocês pessoas muito criativas podem usar esses efeitos de maneiras que eu nunca pensaria em usar, então, porque não falar deles? O do sal por exemplo, pode ser floquinhos de neve :)

Materiais utilizados:

- papel para aquarela da linha universitária da Canson 300g/m²
- estojo 12 cores em pastilha da Cotman (Winsor&Newton)
- aquarela 15 cores em bisnaga Pentel
- caneta POSCA 0.7mm branca
- caneta em gel branca Uniball
- caneta em gel prata Uniball
- escova de dentes
- sal
- papel toalha
- pincel pelo de marta tropical da Tigre
- estilete
- álcool


Para vocês verem melhor os efeitos, deixo aqui a imagem digitalizada:


É isso, até a próxima! :)

12 de setembro de 2016

Como usar aquarela


Nossa, quanto tempo heim? E não foi desta vez que eu venho com conteúdo exclusivo do blog. Sei que todo post eu ando falando disso, mas é que anda me incomodando hahaha! Mas tá difícil arranjar tempo e criatividade para elaborar os posts, mas vamos que vamos!

O post de hoje traz o vídeo que eu fiz falando sobre como usar aquarela, mais para iniciantes mesmo, o básico. Eu demonstrei as técnicas que eu chamei de seca, molhada e seca + molhada, com uma única cor e com mistura. No começo, é importante fazer alguns estudos de manchas, como eu fiz no pé da folha para você ver como cada pigmento reage em contato com a água, o papel e outros pigmentos. E claro, colocar a mão na massa e aplicar essas técnicas nas suas ilustrações! E lembre-se: aquarela frustra mesmo no começo. Ela é uma técnica imprevisível, rebelde, escorre para onde quer. Mas quando você entende o comportamento geral de cada pigmento, e a lógica da coisa, é muito divertido!

Eu mesma, quando fui apresentada à aquarela lááááááááá aos meus 12, 13 anos no curso de desenho. Eu morri de frustração porque eu simplesmente não conseguia fazer sombreados legais, ficava tudo muito chapado, e quando eu arriscava fazer uma sombra mais forte, borrava tudo e eu tinha vontade de virar a mesa, como aquele meme. Só usei nas lições e "provas" obrigatórias do curso, e só voltei a dar uma chance à técnica anos depois, aos meus 19 anos. E ainda assim, só vim a usar com frequência há uns 2 anos (tenho 25 anos, só para constar hahaha falo como se vocês soubessem, né?).

Sem mais lenga-lenga, aqui vai o vídeo:



Materiais utilizados:

- papel para aquarela da linha universitária da Canson 300g/m² (frente para o estudo e o verso para a demonstração)
- estojo em pastilha com 12 cores da Cotman (Winsor&Newton)
- pincel pelo de marmore tropical da Tigre


E aqui vai o estudo e a ilustração digitalizadas para vocês verem melhor as manchas e os detalhes:



É isso pessoa, até a próxima! :)

31 de agosto de 2016

Fumika Yamamoto


O post de hoje é outra fan art de Black Silence da Mariana Cagnin, desta vez da personagem Fumika Yamamoto!

Gente, a campanha do Catarse de Black Silence termina HOJE, dia 31/08! Então CORREEEE que o projeto está nos 120%, o que significa que todos que apoiaram e vão apoiar terão suas recompensas garantidas, mas ainda não chegou no valor para as metas estendidas, então vamos que vamos, que falta SUPER POUCO para atingir a primeira meta estendida! É HOJE OU NUNCA! Hahahaha! :)

E agora sem mais, o vídeo do processo dessa fan art:



Depois que terminei essa fan art da Fumika, só pude lamentar o meu medinho de tacar cor e respingos no da Nee. Teria ficado bem bom! Mas em compensação, achei que a carinha da minha versão da Fumika ficou bem esquisitinha. Não se pode ganhar todas!


Materiais utilizados:

- papel de aquarela da linha universitária da Canson 300g/m² *
- estojo de aquarela em pastilha 12 cores Cotman (Winsor&Newton)
- aquarela em bisnaga 12 cores Sakura
- lápis de cor Faber Castell 24 cores
- caneta em gel branca Uniball

* Muita gente tem me falado de usar o verso da linha universitária da Canson. Esta aquarela foi feita no verso. Como vocês podem ver, não fica aquela textura que vocês tem tanto pavor hahaha! Eu achei que não seria tão eficiente porque tinha impressão de que a goma do papel estivesse só do lado texturizado, mas ocorreu tudo bem na pintura. Então se vocês não gostam da textura (eu particularmente não ligo), vocês podem usar o verso sem problemas. Até a própria Canson fala que a folha é dupla-face, aliás.

É isso pessoal, não deixem de apoiar a campanha de Black Silence para a gente ter mais páginas na HQ, heim? Hihihihi!

Até a próxima!