7 de outubro de 2014

Paris de Le Corbusier

(Retirado de: http://nocontxt.tumblr.com/post/30616464670/archimodels-c-le-corbusier-plan-voisin)

Andei vendo algumas fotos da bela cidade de Paris, e para mim é praticamente impossível ver uma foto da cidade sem pensar "nossa, ainda bem que o plano de Le Corbusier para a parte de North Bank de Paris nunca saiu do papel".

Para começar: quem é Le Corbusier? Para ser bem sucinta, Le Corbusier foi um famoso arquiteto conhecido por suas obras modernistas, sendo a mais famosa delas a Vila Savoye, em Paris. As casas dele são bem legais, acho que os ideais modernistas de planta livre (ambientes praticamente sem paredes, integrados, com a possibilidade de uma fácil modificação da planta), pilotis, aberturas em fita, fachada livre, etc etc são bem legais quando aplicados em obras de pequeno porte, como casas e vilas, mas quando essas idéias funcionais são aplicadas ao urbanismo... hmm, já não sou muito fã.

Um exemplo de projeto modernista aplicado ao urbanismo que eu não gostei foi o Paris, de autoria do arquiteto citado acima, que é o da foto de abertura do post. Esses prédios em forma de cruz, uns iguais aos outros foram projetados para que a iluminação natural e ventilação fossem maximizadas nos apartamentos dos prédios e eliminasse as esquinas das quadras, deixando jardins e pátios nos cantos livres, integrando as quadras umas as outras. Na teoria, interessante, já na prática... basta olhar a figura. Imagine, você passeando por Paris, com suas casinhas e prédios antigos, Torre Eiffels das antigas exposições e... esses brutamontes clonados um ao lado do outro. NOPE.
Claro que estou sendo bem superficial na descrição e tudo mais, afinal o meu objetivo aqui é simplesmente mostrar para vocês uma curiosidade. Tem muito mais por trás desse projeto, mas confesso que a última coisa que quero no momento é falar detalhadamente dele no blog haha!

Mas enfim, imaginem esses prédios no traçado de Paris... argh! Ainda bem que nunca saiu do papel!



Para quem quiser me seguir nas minhas outras redes sociais:



Até a próxima!

2 comentários:

  1. Que legal, Larissa! Não conhecia nada sobre esse assunto e adorei conhecer essa curiosidade.. realmente não imagino Paris desse jeito. Ainda bem mesmo que ficou no papel. hahaha

    ps: te indiquei em uma tag lá no meu blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, Paris assim não dá hahaha! É só numa parte, mas ainda assim, imagine só

      Eba! Adoro TAGs :)

      Excluir