2 de outubro de 2015

Livros estão na moda!


Uma coisa que tem me deixado muito feliz ultimamente é ver que cada vez mais eu vejo gente lendo no metrô. Sinto que cada vez mais o hábito da leitura está se espalhando e que ela está sendo super bem incentivada.

"Na minha época", ler era coisa chata, obrigação. Era assim que a escola colocava a leitura para mim, e acho que os meus colegas deviam pensar a mesma coisa, pois todo mundo vivia dizendo que ler era um saco. Quando eu era criança, eu praticamente só li os livros que a escola pedia, os únicos que eu li fora dela foram a da série Harry Potter. Chegando no vestibular, eu até peguei gosto por alguns livros como Dom Casmurro, Capitães da Areia, sabe, aqueles de sempre. Mas eu também odiei outros, como Iracema. Mas mesmo sendo obrigação, eu consegui gostar de alguns. 
A ironia da coisa, é que a saga que me fez perceber que ler é divertido, foi a do Crepúsculo. Eu adorei Harry Potter, mas sempre pensava que era uma exeção, pois ainda tinha o pensamento de que ler era obrigação e era chato porque a escola mandava e porque os textos dos livros didáticos eram chatos. Mas quando eu vi a febre que a saga Crepúsculo virou, eu fiquei curiosa, pois a capa é bem bonita. Quase desisti quando soube que a história era de vampiro, porque não gosto e acho que nunca vou gostar de histórias de terror. Mas daí me explicaram que não era nada disso, e eu fiquei mais curiosa ainda e resolvi comprar o bendito livro. E vocês querem saber? Eu gostei sim de Crepúsculo.
Eu li quando eu tinha uns 14 anos. Já naquela época eu vi que a história era mimizenta e cheia dos romantismos, mas mesmo assim eu achei a leitura fluída e eu gostei da criatividade da autora em criar uma nova "ciência" para os vampiros. A galera xingou tudo os vampiros brilhando no sol, mas eu achei criativo. Assim, eu ainda prefiro eles virando cinzas, mas sei lá, sou bem mente aberta para essas coisas, acho que as pessoas tem o direito de imaginar o quanto quiser. 

A ironia número 2 é que eu gostei sim do primeiro livro então eu fiquei interessada nos demais. Mas p*taqueopariu, o segundo livro é muito ruim. O terceiro dá até para engolir e o quarto é ridículo. Enfim, eu tinha tudo para me decepcionar novamente com o mundo da leitura, mas isso não aconteceu.


A partir daí, eu só fiquei mais curiosa para procurar outros livros, mas eu ainda estava perdida, não sabia em que livro investir a minha atenção (já que a saga Crepúsculo tinha dado uma bela de uma broxada em mim). Foi por aí que eu comecei a assistir a série Sherlock da BBC e eu fiquei super curiosa para ler os livros. Lembro que quando eu era criança, achava que eram contos de terror, por isso nunca havia me interessado, mas a série despertou essa curiosidade em mim e um amigo meu acabou me emprestando um dos livros para eu ler. Não deu outra, eu me apaixonei. Nisso eu comecei a entrar mais no mundo da leitura e comecei a fuçar mais as livrarias e julgar os livros pelas capas. Nessas idas às livrarias eu acabei levando vários livros, como os do gatinho Bob. E a partir daí, eu nunca mais consegui ficar muito tempo sem ter um livro para ler.

Desde aquela época então, eu fico encarando os livros alheios nos transportes públicos para ver se algum me chama a atenção, e foi aí que eu percebi o quanto o gosto pela leitura tem se espalhado. Atualmente eu vejo muuuuito mais gente com livros na mão do que antes. E não só isso, tem vários blogs e blogueiros(as) que falam sobre isso, e eles por sua vez incentivam os seus leitores, que muitas vezes são jovens e talvez cheios de preconceitos como eu tinha quando era mais nova. E isso é maravilhoso!


Ler é uma ótima forma de praticar o português (e outras línguas), ampliar o seu vocabulário, interpretar melhor textos e o mundo ao seu redor, de soltar a criatividade imaginando as cenas e personagens descritos nos livros e porque não, de imaginar a história ocorrendo de uma outra maneira ou então personagens em um outro mundo criado por um outro autor. Ler é uma ótima forma de ocupar o seu tempo no deslocamento casa-trabalho e trabalho/casa, porque quem mora em São Paulo, sabe que você perde facilmente 3 horas do seu dia dentro do metrô e do ônibus. Em vez de ficar com tédio, porque não se ocupar lendo? :)

Eu acho realmente muito legal que os livros "estão na moda", e não só os super populares, mas os mais desconhecidos também. Os livros estão tão populares que até youtubers estão lançando suas biografias, livros de culinária ou seja lá do que for. Muito, muito legal! :)


Para quem quiser me seguir nas minhas outras redes sociais:

Twitter . Instagram . Flickr . YouTube . DeviantArt . Skoob

Nenhum comentário:

Postar um comentário