12 de setembro de 2016

Como usar aquarela


Nossa, quanto tempo heim? E não foi desta vez que eu venho com conteúdo exclusivo do blog. Sei que todo post eu ando falando disso, mas é que anda me incomodando hahaha! Mas tá difícil arranjar tempo e criatividade para elaborar os posts, mas vamos que vamos!

O post de hoje traz o vídeo que eu fiz falando sobre como usar aquarela, mais para iniciantes mesmo, o básico. Eu demonstrei as técnicas que eu chamei de seca, molhada e seca + molhada, com uma única cor e com mistura. No começo, é importante fazer alguns estudos de manchas, como eu fiz no pé da folha para você ver como cada pigmento reage em contato com a água, o papel e outros pigmentos. E claro, colocar a mão na massa e aplicar essas técnicas nas suas ilustrações! E lembre-se: aquarela frustra mesmo no começo. Ela é uma técnica imprevisível, rebelde, escorre para onde quer. Mas quando você entende o comportamento geral de cada pigmento, e a lógica da coisa, é muito divertido!

Eu mesma, quando fui apresentada à aquarela lááááááááá aos meus 12, 13 anos no curso de desenho. Eu morri de frustração porque eu simplesmente não conseguia fazer sombreados legais, ficava tudo muito chapado, e quando eu arriscava fazer uma sombra mais forte, borrava tudo e eu tinha vontade de virar a mesa, como aquele meme. Só usei nas lições e "provas" obrigatórias do curso, e só voltei a dar uma chance à técnica anos depois, aos meus 19 anos. E ainda assim, só vim a usar com frequência há uns 2 anos (tenho 25 anos, só para constar hahaha falo como se vocês soubessem, né?).

Sem mais lenga-lenga, aqui vai o vídeo:



Materiais utilizados:

- papel para aquarela da linha universitária da Canson 300g/m² (frente para o estudo e o verso para a demonstração)
- estojo em pastilha com 12 cores da Cotman (Winsor&Newton)
- pincel pelo de marmore tropical da Tigre


E aqui vai o estudo e a ilustração digitalizadas para vocês verem melhor as manchas e os detalhes:



É isso pessoa, até a próxima! :)

Um comentário: